Aos 10 anos, investidor mais jovem da Bolsa usa estratégias de gente grande

Assistir a jogos de futebol, fazer lição de casa e brincar com os amigos na escola.


A rotina de Luis Felipe Mattiuzzo, 10, se parece com a de qualquer criança de sua idade, com uma exceção: uma vez por mês o menino recebe R$ 1.000 do pai exclusivamente para comprar ações.


As aplicações começaram há quase três anos, quando o pai, o empresário Gerson Mattiuzzo Júnior, 34, decidiu abrir uma conta em uma corretora no nome de Luis, que desde então carrega a alcunha de investidor mais jovem da Bolsa brasileira.


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

2018 © Projeto #Contrate1Desempregad@

  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Social Icon